Se trabalha sentado

 © Thais Moura

© Thais Moura

Agora faz 7hs que estou sentada com alguns poucos momentos em pé para comer, e me alongar (alguns alongamentos fiz sentada mesmo).

Depois de elaborar oito novas planilhas de treinamento, responder alguns emails, trocar de músicas e enviar mensagens aos amigos, acabei. Quase uma jornada de trabalho e ainda tem a tarde toda pela frente!

Mas antes de levantar escrevo sobre um tema recorrente, que 10 entre 10 alunos que trabalham sentados sentem, as dores e cansaços da postura de passar boa parte dos dias assim.

Descrever exercícios seria muito longo, mas vou convida-lo a pensar sobre o que fazer. Acho que assim fica mais claro e você não vai mais esquecer.

Quando ficamos "dobrados" no ângulo da cadeira, os músculos da parte da frente do corpo ficam encurtados, e os da parte de trás estendidos, tanto costas quanto pernas. 

Dificilmente mantemos uma postura alinhada, monitor na linha dos olhos, teclado na linha dos cotovelos flexionados, relaxados apoiados na mesma altura, joelhos idem e pés confortavelmente apoiados no chão, o que ajudaria a acumular menos tensões. Mudamos de postura até mesmo conforme a excitação do que nos envolve no trabalho.

O que sugiro é o seguinte.

Deixe um copo d´agua sobre a mesa e beba devagar, entre suas tarefas. Pelo menos um cheio para o período da manhã e outro para o da tarde. Quando esvaziar, ao levantar-se para enche-lo mexa-se:

- gire pescoço lentamente para os dois lados (é lento mesmo! e se isso não for bom para você pois atordoa, vá para o próximo)

- gire os ombros somente para trás, bem redondo e amplo movimento, chegando perto das orelhas 

- agora puxe o ar bem fundo e dê aquela espreguiçada, como se tivesse acabado de acordar. estique tudo, braços, dedos, pernas, tornozelos, gire o tronco

Pode lembrar de fazer isso toda vez que for tomar café, ir ao banheiro ou parar para ver as atualizações no telefone. A idéia é criar um subterfúgio.

Pronto, o que acabou de fazer foi compensar a postura que estava toda voltada para frente, atenta ao computador, mesa. 

Enquanto sentado lembre-se de abaixar os ombros (segura-los altos, tensionados, dá aquela dor horrorosa nos trapézios, pescoço e até dor de cabeça), alongar a postura, estique o pescoço, e manter o peito aberto, de ombro a ombro. Tudo de acordo com seus limites e desvios próprios.

 

Se o acúmulo do tempo sem compensar associado a outras razões o deixam tenso para além do trabalho, limitando seus movimentos e o deixando mau humorado, bem, os exercícios podem ajudar até um certo ponto. E se esse for o seu caso e quiser me perguntar algo, é só escrever.